5 Curiosidades do livro personalizado do Flamengo: Meu Pequeno Rubro-Negro

2 min. leitura

Livro personalizado do Flamengo
Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

A coleção Meu Pequeno Torcedor foi criada pela Dentro da História em parceria com a Editora Belas Letras e os grandes times de futebol do Brasil, para estimular a leitura e a paixão das crianças pelo clube de coração, através de histórias onde os pequenos participam de uma jornada com seu time.

Nos últimos anos, os times brasileiros vêm tendo cada vez mais dificuldade para formar novos torcedores. Com o futebol  globalizado, quando perguntamos para as crianças para que time torcem, muitas dizem Barcelona, Real Madrid, Chelsea ou Paris Saint German para só depois citar que no Brasil torcem pelo clube A ou B. Por isso, a coleção de livros personalizados do grandes times brasileiros tem o intuito de ajudar a criar empatia mais cedo pelos clubes e levar um pouco da história deles para os novos torcedores.

Detalhes escondidos no livro do Flamengo

Em Meu Pequeno Rubro-Negro, livro personalizado do Flamengo, a criança acompanha o time na conquista de um campeonato. É possível criar o personagem com o nome do pequeno torcedor, escolhendo suas características físicas e até o número da camiseta no site. Depois, o livro é entregue em casa impresso em capa dura.

Temos uma série de detalhes no roteiro e nas ilustrações que levam mais de fatos históricos para o livro. Vamos mostrar essas curiosidades aqui para você poder mostrar e explicar ao seu pequeno durante a leitura!

1. Poster do Zico

Poster do Zico no livro personalizado do Flamengo

Na página 6, em que a criança está no quarto com muitos adereços do Flamengo, temos várias referências à história do clube. Na parede do quarto há um poster do Zico, o Galinho de Quintino, como era carinhosamente chamado. Foi o maior jogador da história do Flamengo, e o maior futebolista após Pelé. Considerado o melhor batedor de faltas da história do futebol brasileiro, é o maior artilheiro do Maracanã, com 33 gols em 435 jogos – em sua carreira, fez 826 gols ao total.

2. Referência a Jorge Ben Jor

Jorge Ben Jor no livro personalizado do Flamengo

Nesse mesmo quarto, temos uma referência musical a Jorge Ben Jor –  cantor de samba-rock Rubro-Negro declarado, que homenageou o Flamengo em algumas de suas músicas, como “País Tropical”.

Em “Fio Maravilha”, faz uma homenagem ao jogador João Batista de Sales, que não era considerado um craque, mas foi muito querido pela torcida e ganhou esse apelido após marcar o gol da vitória em uma partida contra o Benfica, de Portugal.

Já na música “Camisa 10 da Gávea”, Jorge Ben Jor fez referência a Zico, que em 7 de março de 1976 ajudou o Flamengo a golear o Fluminense por 4 a 1.

Ben Jor estava presente no estádio e se inspirou na partida para criar a música após a grande atuação do craque: “Falta na entrada da área, é o número 10 da Gávea”.

3. Time de 1981

Time de 1981 no livro personalizado do Flamengo

No poster do armário do quarto, na página 7, temos uma referência ao Flamengo de 1981, considerado o melhor time Rubro-Negro de todos os tempos.

O Esquadrão Imortal, como era conhecido, era escalado com: Raul, Leandro, Marinho, Mozer, Júnior, Andrade, Adílio, Zico, Tita, Nunes e Lico.

4. Maestro Júnior

Maestro Júnior no livro personalizado do Flamengo

Na página 13, quando a criança está com os torcedores no ônibus indo para o estádio, temos uma caricatura do maestro Júnior – jogador ambidestro habilidoso que começou na lateral esquerda, mas jogou como volante e meio campo também.

Ele tinha uma visão de jogo e precisão de passes acima da média – batia faltas com muita perfeição. Foi o jogador que mais vestiu a camisa do Flamengo, com 876 jogos. Hoje atua como comentarista da Rede Globo e SporTV.

5. Charanga do Jaime

Charanga do Jaime no livro personalizado do Flamengo

Na página 15, temos uma referência a Charanga do Jaime – um dos mais apaixonados torcedores do Flamengo. Em 1942, Jaime organizou um agrupamento musical, que foi batizada mais tarde de Charanga. Cerca de quinze músicos, com trombone, clarins e mais dez instrumentos rítmicos se instalaram nas arquibancadas de forma surpreendente, já que até aquele momento a música só fazia parte das comemorações fora do estádio.

Veja abaixo o vídeo em homenagem aos 74 anos da Charanga do Jaime:

Esses são só alguns dos fatos e referências escondidos no livro personalizado do rubro-negro – uma ótima opção para presentear as crianças, que incentiva a leitura e a paixão pelo futebol.

Acesse o site para criar seu livro personalizado do Flamengo e conhecer a história completa. Descubra outras curiosidades e compartilhe conosco! Será que você encontra o “Velho Lobo” no livro?

Escrito por Felipe Paniago

Felipe é co-fundador da Dentro da História. Apaixonado pelo mundo do futebol, deu muitas ideias de curiosidades incluídas em cada livro da coleção Meu Pequeno Torcedor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *